PONTE PARA LUZ
Ponte Para Luz
Copyright © Die Brücke
Zur Freiheit e.V.



Temas da Ponte

 

TRANSFORMAÇÃO PARA A LUZ, A LIBERDADE E A IMORTALIDADE
Com uma observação dos sete planos do nosso ser.

Extratos de Conferências de Senta Ramin e Jutta Vogler


Traduzido do original, publicada por Die Brucke Zür Freiheit e. V.
D. 1000 Berlin 31, Ballenstedter Strabe 16 b
Copyright © Die Brücke Zur Freiheit e.V.

TRADUÇÃO DO ORIGINAL:
Helga Mattheis Cruz
Direitos exclusivos de Tradução e Edição no Brasil:
A Ponte Berlim Brasília: Brasília DF
Tel: 0xx-61-344.0029 - Fax: 0xx-61-364.5725
Número da Conta Bancária:
40.491-8 - Banco do Brasil - 507 Sul Ag. 1004-9
Cx. Postal 10.522 - CEP 71 620-980 DF

TRANSFORMAÇÃO PARA A LUZ

     Cada ser humano neste planeta trilha o caminho que leva à perfeição, à consciência mais elevada. No início ainda inconscientemente, mas quando começamos a entender que não existe apenas o plano material, que não só o corpo físico é nossa única existência, o caminho consciente para a perfeição se inicia.
     Cada um de nós sabe como são difíceis certos trechos do caminho. Mas fazendo um retrospecto chegamos ao entendimento de que os trechos mais difíceis muitas vezes foram mais proveitosos - foi nesta época que aprendemos mais. E quando Goethe faz o seu Fausto exclamar: "Ai! duas almas vivem em meu peito!'' - então isto é uma experiência pela qual cada ser humano passa. Ninguém, ninguém mesmo, está livre dessa luta fundamental consigo próprio.
     Quando nós nos identificamos unicamente com o nosso corpo físico somos vulneráveis.
     No entanto, podemos aprender a destreza de observar os nossos quatro corpos inferiores com a visão da nossa presença EU SOU, eles são nossos suportes no mundo terreno. Nós necessitamos deles aqui neste planeta assim como um astronauta precisa do seu traje espacial na Lua.
     Justamente na época da grande mudança que o nosso EU SOU escolheu para a nossa encarnação, as perguntas pelo sentido da vida se tornam cada vez mais insistentes. Quando uma corrente de vida se decepciona com o mundo material onde nunca pode ser encontrada uma satisfação total e se afasta dele, quando dogmas perdem sua validade, parcerias se rompem, quando nossa visão mundial é posta em dúvida, começamos a ponderar:

Isto é tudo? Nascer - ter um bom emprego - casar - ter filhos - envelhecer - morrer?

     Estar casado, uma casinha ajardinada, dois filhos, se possível um segundo carro, grandes viagens de férias, estes são os conceitos costumeiros de uma vida feliz. Mas quase ninguém se sente realmente satisfeito neste papel. A supervalorização das coisas externas, as exigências de posse e poder enredam as pessoas cada vez mais nas pretensões materiais.
     Enquanto nós nos identificarmos inteiramente com o nosso mundo material e cedermos às suas exigências, e os nossos corpos inferiores nos dominarem com seus desejos e impulsos, vivenciamos tropeços auto-criados que podem transformar-se em crises nas nossas vidas. Mas até isto no final é positivo, pois começamos a pensar, a refletir sobre nós mesmos. Precisamos ponderar que cada corrente de vida está envolvida em um certo círculo cultural. O desenvolvimento de um jovem ser humano é qualificado pelo lar dos seus pais, sua religião, pelo seu círculo social. Velhas tradições, noções consolidadas regulam nossas vidas - e cada círculo cultural tem sua própria visão do mundo e a considera a única válida à qual outros terão que se subordinar. Se não fosse assim, não haveria constantes guerras e desavenças no mundo.
     Mulheres e homens são condicionados a certos moldes de comportamento. Muitas vezes eles se submetem com medo para corresponder a esse quadro desejável. Não obstante, todos nós, em incontáveis encarnações, fomos tanto homens quanto mulheres. Eu cito o livro O Espírito dos não Nascidos:
     "... os segredinhos sobre o processo de procriação, o segredo que se faz das formas naturais, a afetação injustificada, a representação da ignorância, a acentuação da diferença de sexo no modo de vestir, na educação e comportamento tudo isso leva a furtivos pensamentos sobre coisas do sexo... instiga a sensualidade .
     Na nova humanidade - na Era de Aquário - o sexo vai ser tido como aparição secundária. A corrente de vida feminina .como também a masculina irão manifestar o mais sublime do seu ser - puro amor pessoal é a mais elevada conquista da atual humanidade - amor universal e pureza serão a característica da humanidade na Nova Era dourada e quando duas correntes de vida se juntarem para gerar um filho, será um planejamento e não um acaso."
     Sobre esta declaração deveríamos meditar profundamente .
     Os mestres nos dizem e repetem sempre: "velhas tradições sempre foram um entrave." Mas nós, seres humanos, nos seguramos a elas, porque parecem formar uma estrutura segura em nossas vidas. No entanto, vida significa evolução - progresso - tudo está sujeito à evolução - velhas formas acabam, novas, mais belas, se formam.
     Mas esse passo ao que é novo nos amedronta, seres humanos, muita coisa parece não só desconfortável, mas também perigosa. Posições costumeiras precisam ser deixadas para trás, e nós nos transformamos rapidamente no papel de estarmos ultrapassados. O que dirá meu vizinho se eu parar de comer carne, se eu resolver não beber mais bebidas alcoólicas? Para os que estão de fora nós nos transformamos num tedioso membro da sociedade. Quando o ser humano segue ideais mais elevados e se destaca da massa, ele se transforma em suspeito para os outros. Mas também essa corrente de vida passa por estágios de medo estará certo o que estou fazendo? E o medo põe obstáculos ao nosso caminho.
     É o receio do novo, do desconhecido. Temos que abandonar o que nos é conhecido e nos abrir ao novo. Isso nos faz medo. Também temos que questionar a nós mesmos e a nossa maneira de olhar o mundo, desistir dos velhos padrões de comportamento - para chegar a uma realidade totalmente nova.
     O medo é a arma do nosso intelecto, do nosso corpo de pensamento inferior, também a arma do nosso corpo emocional que muitas vezes se fecha ao que é novo por uma questão de comodidade. No entanto, este "novo'' em si nem é novo. Medo nós só temos quando não estamos suficientemente informados. Um conhecido casal de exploradores que viajava para ficar na selva por alguns anos, informou-se sobre o estado de lá e as condições de vida, para evitar erros básicos. Se nós agirmos assim, no nosso caminho, perderemos os nossos receios. Medo só se espalha onde reina ignorância.
     Existem obras essenciais como a Doutrina Secreta de Mme. Blavatsky, as Cartas dos Mahatmas e os Ensinamentos dos Essênios. Existem as Leis Herméticas de Hermes Trimegistos e as maravilhosas mensagens dos Mestres da Sabedoria e sua mão compassiva no nosso caminho muitas vezes pedregoso.
     Lentamente, mas com segurança, podemos, dessa maneira, juntar bens espirituais construtivos. Não apalpamos mais no escuro, nós perdemos nossos receios e amadurecemos para uma personalidade que assume a responsabilidade para a sua vida e não depende das opiniões e conselhos dos outros para tomar as suas decisões. Devemos colocar com clareza diante de nossos olhos que tomamos as nossas próprias decisões e arcamos com as conseqüências.
     Leadbeater, um famoso teósofo e vidente, pediu ao seu Mestre para ajudá-lo numa decisão importante. Aqui a resposta do Mestre: "Naturalmente eu poderia te dizer exatamente como agir, e naturalmente tu seguirias a minha indicação. Mas o carma resultante dessa ação recairia sobre mim e não em ti. Para ti só cairia o carma da obediência absoluta." Porque passamos por provas, por decisões?
     Só para aprendermos, e isso ninguém pode fazer por nós. É preciso desenvolver cada vez mais a própria intuição, ouvir cada vez mais a voz da própria fonte divina - e isto cada um só consegue por meio do trabalho em si próprio, pelas muitas pequenas e grandes decisões em cada instante da nossa vida se desenvolvem resultados e tendências. Naturalmente também podemos usar o pêndulo, procurar adivinhos e videntes, podemos jogar Tarot ou procurar o I-Ching – Nós todos fizemos isto, mais ou menos, nesta e em outras vidas passadas, mas uma verdadeira ajuda nunca dali resultou, ao contrário.
     Uma amiga procurou uma vidente por preocupações com o seu marido, que se encontrava em grandes dificuldades em seus negócios. Esta "sábia mulher" pintou um quadro escuro do futuro do marido e até previu a sua morte nos próximos meses por meio de um raio. Nós nos colocamos com todas as nossas forças contra esta declaração avassaladora, apelamos ao Mestre PRINCIPA, Senhor da Divina Ordem, a amiga trabalhou com o Mestre EL MORYA pedindo energias e colocou o seu marido todos os dias sob Luz protetora.
     Tudo isto já foi há alguns anos. O marido está com boa saúde, e a sua posição de negócios está melhor do que nunca. Nós temos que advertir constantemente sobre essas condutas. Poucas pessoas têm uma noção fundamentada sobre os diversos planos sutis. Qual desses assim chamados "fazedores de felicidade" sabe que só o plano Astral tem sete sub-planos onde as mais variadas entidades volteiam? Freqüentemente seres desses planos assumem nomes seletos, porque conhecem a natureza humana muito bem. Um João Silva ou George Santos não soam tão convincentes como George Washington ou Arcanjo Miguel falando através do médium - ou até um Mestre da Sabedoria. O "médium" medianeiro só pode servir de canal para entidades que correspondam ao seu plano de vibração - e um Mestre da Sabedoria nunca falaria através de um médium em transe, nunca se manifestaria através de um canal que não fosse puro em seus hábitos de vida, seu comportamento em relação à humanidade - e nunca daria conselhos pessoais ou provocaria medo.
     A corrente de vida que pergunta, só é obrigada a ter o problema, para trabalhar em si próprio e crescer com isso. Seria a mesma coisa de tirar todos os obstáculos do caminho do próprio filho, lhe afastasse de todas as dificuldades – como esta criança poderá tornar-se uma pessoa capaz? Afinal, cada um precisa fazer seu dever de casa pessoalmente para poder aprender.
     Com o trabalho em nós mesmos consumindo-nos na solução dos nossos problemas cresce a nossa força e confiança em nós mesmos, enquanto insinuações por mais bem intencionadas que sejam no final nos enfraquecem, tornando-nos inseguros e até medrosos. Existem exemplos suficientes onde se realizaram profecias sinistras, só porque os envolvidos estavam numa atitude de espera e a forte forma de pensamento construída finalmente se realizou.
     Quando tivermos adquirido prática suficiente às nossas próprias custas e refletirmos sobre nós mesmos e nos dirigirmos cada vez mais à nossa Fonte Divina, seremos invadidos por um profundo sentimento de felicidade. Nós perderemos nossos medos - e cada vez que um sentimento desses quiser nos invadir, deveríamos sentar-nos calmamente por alguns minutos, abrir as nossas mãos, deixando a Luz jorrar, e então observar esse quadro do medo com toda calma, iluminá-lo, por assim dizer.
     Estamos aqui neste planeta-escola, porque somente aqui podemos aprender certas coisas. Os nossos corpos inferiores nos dão a possibilidade de existir neste planeta, mas eles nos dificultam a vida com suas constantes vontades, desejos, instintos e também emoções.

     O MAHA CHOHAN nos diz e repete sempre: "reconhecei a Luz Divina em vós, vossa Fonte Divina, e aceitai-a como autoridade dirigente em vossa vida.- Então não haverá mais insegurança ou medo. "

     Nós mesmos criamos a agitação e medo em nossa vida pela super-valorização do eu externo com suas exigências.
     Quanto maior visão e clareza obtivermos, tanto mais diminuirá o nosso medo. O Universo é um exemplo de Lei e Ordem. As Leis Cósmicas são eternas, imutáveis e incorruptíveis. Conseqüências de cada ação desta e de outras encarnações são chamadas às nossas vidas, ao plano físico, emocional ou mental, pela Lei Cósmica e do Carma. Infelizmente a palavra carma é quase sempre ligada à um aspecto negativo, no entanto, existe o carma bom, positivo.
     Cada ação, cada pensamento, cada sentimento é a sementeira para a lei da causa e efeito. Nós colhemos o que semeamos. Ações erradas causam desgosto e pesar. No entanto é uma afirmação abençoada que todo mal que cometemos poderá ser transmutado em Bem. Entender estas Leis Cósmicas Universais significa pisar em solo firme. Quem vive em harmonia com estas Leis se tornará um ser completo.
     Todos nós sabemos que o homem tem sete corpos.

     Observemos primeiro os quatro corpos inferiores:

  • corpo físico
  • corpo etérico
  • corpo emocional (também de sentimento ou astral)
  • corpo mental (também corpo do pensamento)

     Estes quatro corpos inferiores estão sujeitos a leis da Natureza que agem nas suas respectivas esferas. Encontram-se todos no mesmo lugar, se interpenetram e tem apenas freqüências de vibração diferenciadas.

     O CORPO FÍSICO é o mais denso de nossos corpos, ele tem a vibração mais lenta - é portanto grosseiro - é o suporte da nossa consciência no mundo físico, no mundo tridimensional. Morte, idade e doença são uma experiência da terceira dimensão. Todos nós sabemos que a morte do
corpo físico não significa o final da nossa existência, que o nosso corpo espiritual é imortal.
     A morte é uma experiência de Luz - ela nos Proporciona a liberdade. Nós voltamos para casa e nascemos novamente para aprender neste planeta-escola e nos aperfeiçoar. MÃE MARIA nos disse: "A vida no corpo físico poderia ser praticamente infinita. Abandonai todos os pensamentos de idade e morte."
     Mas como, se meu corpo estiver velho e doente - o que fazer? Nós temos a Possibilidade de decidir. Mais cedo ou mais tarde cada corrente de vida estará diante da decisão de transmutar o corpo físico. Nós, seres humanos, vivenciamos nesta época de elevação da vibração um rompimento da consciência, estamos prestes a entrar no nosso CORPO DE LUZ. Isto será abordado em outra parte desta conferência com mais ênfase.
     As células do nosso corpo são constantemente renovadas. Nós temos a possibilidade de criar um corpo sem idade. Vamos nos conscientizar de que os nossos quatro corpos inferiores são entrelaçados entre si. Nossa tarefa é manter o corpo físico com o seu duplo etérico, o corpo emocional e o corpo mental inferior - limpos. A isto estão ligados não só uma alimentação saudável e construtiva, mas também o desfazer-se dos velhos padrões de pensamento, maus costumes e sentimento negativos.
     A alimentação correta é importante para todas as pessoas, para um aluno da Luz, para alguém que está trilhando o caminho, ela deveria ser natural. Não existe nenhuma dieta, nenhuma maneira de se alimentar que seja determinada para todos. Idade, disposição, condição e constituição desempenham um papel definitivo. Um fator muito importante deveria ser observado: 80% da nossa alimentação deveria ser básica. Básicas são todos os tipos de verduras, batatas e quase todas as frutas. Existe suficiente literatura relativa a isso. Mestre SAINT GERMAIN diz a respeito da alimentação: "Existem diversas coisas que depositam uma matéria no cérebro que precisa ser removida antes que a perfeição da Divina Presença EU SOU possa tornar-se ativa. São estas na seqüência de sua periculosidade: entorpecentes - álcool - carne - fumo - açúcar em excesso. Não usar sal demais e evitar café forte e chá forte,"
     Ele contínua: "O grande dano de comer carne provém do fato de que o animal ao ser morto _desenvolve fortes sentimentos de medo que deposita em seu corpo. Também o animal tem um corpo de sentimento e a vibração do medo antes e durante a morte se impregna na carne. Ela é absorvida pelo corpo de sentimento do consumidor da carne. Além disso certas substâncias se densificam no cérebro embotando o intelecto, e os mais delicados impulsos da Fonte Divina não conseguem mais ser eficazes. O ensinamento de que é necessário comer carne, e que o corpo precisaria desse tipo de albumina para ganhar forças, não é verdadeiro. A idéia de que o soro obtido de animais possa oferecer saúde ou proteção de doenças é outro engano. É o objetivo de forças sinistras quebrar a saúde e resistência da humanidade para que sentimentos destrutivos venham cada vez mais a tona anulando os ideais elevados!"

     Nós aprendemos que a nossa existência física está envolvida por campos de energia sutis, e os chamados corpo etérico, emocional e mental. Essas vibrações sutis que nos envolvem e transpassam nossa aura - são CAMPOS DE ENERGIA ORGANIZADORES. Os quatro corpos inferiores se encontram todos no mesmo local, se diferenciam entre si pelas freqüências de vibração, pela sua extensão, suas propriedades e intensidade de cor.
     Os Mestres nos transmitem há décadas: "Tudo que pensais, sentis e comeis expressa-se finalmente em vosso corpo físico!" Isto começamos a entender melhor e a sério. Esses campos de energia sutis em nossa volta ou levam energia a ao nosso corpo físico ou a diminuem. Assim já se pode reconhecer o processo de envelhecimento em quem tem 25 anos. Esse processo de envelhecimento, também chamado entropia, é considerado o decurso normal - o corpo envelhece e desmorona.
     Como muitas pessoas em nosso planeta levam um estilo de vida degenerativo, isto acontece mesmo. Mas, renovadamente os nossos amigos dos reinos da Luz nos dizem: podeis ser sem idade - podeis alcançar a perfeição nesta vida, a maestria. Se quisermos presenciar a elevação da vibração do nosso planeta, também teremos que contribuir com algo correspondente para que a Luz possa transpassar-nos e preencher-nos de tal maneira a transformar-nos da nossa condição material densa a um estado mais sutil. Nós desenvolvemos o nosso CORPO DE LUZ, tornando-nos unos com nossa Presença Divina, o nosso EU SOU.

     Retornemos mais uma vez à nossa alimentação. Todo alimento tem seu próprio campo de energia muito individual que fortifica ou enfraquece o nosso campo de energia pessoal. Todo alimento tem, portanto, da mesma maneira como qualquer pessoa, cada animal e cada planta sua irradiação particular, seu próprio campo de energia - sua aura. O nível do nosso campo de energia abaixa quando absorvemos alimentos que têm, eles próprios, pouca energia, ou se levamos um tipo de vida que despende energia.
     Alimentos pesados, verduras e legumes cozidos em excesso, carne etc. retardam a vibração dos nossos corpos semelhante a um stress emocional. Quero referir-me ao professor Popp, que provou com a sua pesquisa dos biophotons que a Luz em todas as células de qualquer organismo vivo pode ser comprovada. O biofísico Popp explica poder comparar a Luz das células com um raio laser biológico que transmite informações. Esta Luz em nossos alimentos é o que realmente alimenta os nossos corpos. Professor Popp denomina os seres humanos de "sugadores de Luz."
     Quando consumimos alimentos energéticos - leves e bíogenos - fortificamos o campo energético sutil em nossa volta, e temos cada vez mais condições de absorver energias cósmicas. Nosso sistema de feedback no mundo material mostra se após uma refeição nos sentimos bem e carregados de energia, ou se sentimos conseqüências negativas, como cansaço, mal estar, indisposição ou semelhantes. Percebemos, assim, que este tipo de alimentação não é adequado para nós.
     Conscientizemo-nos renovadamente que o nosso corpo físico é cercado por campos de energia sutil influenciados pela energia cósmica, a pura substância de Luz Universal. Constantemente o nosso corpo físico se renova, células novas são formadas, e estas novas formações correspondem ao campo de energia pulsante em nossa volta. Nós qualificamos este campo de energia com nossa ingestão de alimentos, nossos sentimentos e pensamentos. Quanto mais clara a nossa aura e mais purificada, tanto mais forte a energia cósmica pode agir em nós. Tanto mais facilmente podemos perceber o que significa estar em ressonância com a Divina, a Cósmica energia.

ISTO NOS CAPACITA A ESTACIONAR O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO OU ATÉ FAZÊ-LO REGREDIR.

     Nosso físico, nosso corpo visível tem um equivalente sutil, o CORPO ETÉRICO. Ele é, como foi dito, de estrutura sutil e todas as recordações dessa e de outras encarnações estão nele depositadas. Ele também é denominado duplo etérico, porque está inseparavelmente ligado com o corpo físico. Além disso ele é o portador da nossa energia de vida. O corpo etérico é nosso corpo vital que supre o corpo físico com energia.
     Ao corpo físico são agregados três planos, ele consiste de sólidos, líquidos e substâncias gasosas. Quanto mais profundamente nós mergulharmos nesse saber, tanto melhor poderemos dirigir as nossas vidas. Somos advertidos pelos nossos Amigos da Luz a permanecermos calmos e em harmonia. Não o conseguindo, o intelecto e o corpo emocional perturbarão constantemente o nosso físico através do corpo etérico - nosso assim chamado corpo vital está constantemente empenhado em recompor a harmonia e reconstruir o que os outros corpos destroem.
     O corpo etérico ultrapassa o corpo físico em 3 a 4 cm. Videntes muitas vezes o podem perceber. Cada célula do nosso corpo tem o seu equivalente etérico. Durante toda a vida o corpo vital é o construtor e restaurador do corpo humano. Se não fosse o coração etérico, o coração denso iria rapidamente sucumbir sob os constantes esforços que lhe exigimos. O uso abusivo que fazemos do nosso corpo físico é constantemente enfrentado pelo corpo de vida, até onde estiver em seu poder. Ele trava uma luta constante contra a morte física.
     Aos poucos vamos compreendendo mais e mais o que MÃE MARIA quer dizer quando diz: "A vida na forma física poderia ser infinita, deixai cair todos os pensamentos sobre velhice e morte." Os nossos Amigos da Luz percorreram antes de nós este caminho - a Transformação em Luz - e a Ressurreição espetacular de JESUS CRISTO moveu todo o mundo.
     O corpo etérico consiste de milhões de prismas ou pontas, que penetram nos átomos ocos do denso físico recarregando-os com energia de vida. Todos nós conhecemos a condição em que o corpo vital abandona o corpo físico em parte: por exemplo quando uma mão se torna dormente. Videntes conseguem ver a mão etérea do corpo de vida como uma luva pendurada por baixo da mão física, e a estranha sensação de formigamento é provocada pelos prismas da mão etérea quando ela torna a entrar na mão física.
     Além disso, o corpo etérico é o celeiro de todas as nossas experiências dessa e de outras vidas. Tudo que sucedeu deixou um quadro indelével no corpo etérico. Todos os pensamentos e ações do homem estão marcados no raio refletido no éter, e o vidente treinado pode ler sua história com a exatidão que corresponde à sua capacidade. Agora entendemos o presente do Mestre SAINT GERMAIN em toda sua extensão mais e mais: a bênção da irradiação violeta para nós e todo o planeta.
     Quando o corpo etérico não consegue mais desviar o poderoso ímpeto dos sentimentos, impulsos e pensamentos, ele se disturba aos poucos e vai perdendo a energia vital com a qual ele supre o corpo físico. Seus prismas murcham, por assim dizer, e finalmente chega a época de desmoronar completamente. A corrente de vida não flui mais em quantidade suficiente através do corpo físico, o cordão de prata rompe e acontece a assim chamada morte. Tudo isso não precisamos experimentar mais, recebemos indicações suficientes.

     Vamos dirigir-nos agora ao CORPO EMOCIONAL, do sentimento - ou astral. O Mestre SAINT GERMAIN nos diz a respeito:
     "Quando alguém deseja ceder ao seu próprio sentimento de desarmonia em vez de substituí-lo pela paz interior, ele se destrói a si mesmo - seu intelecto, seu corpo, seu mundo. Pois a Lei Cósmica exige que todos os sentimentos e pensamentos que um ser humano emite, vibrem primeiro no cérebro e corpo ao emissor, antes de poderem alcançar o resto do mundo.
     "Se eles ali tiverem enfraquecido, iniciarão a viagem de retorno ao seu criador. Nesse caminho de retorno captarão outras vibrações semelhantes, e com este acréscimo formarão o mundo do homem. Esta é a Lei, ela é imutável. As pessoas, fora poucas exceções, nunca entenderam esta verdade, senão haveria um número muito maior de Mestres Ascensionados.
     "Para poder se elevar da degradação, doenças, pobreza e desgraça das massas, o homem isolado precisa chegar a uma compreensão clara desta Lei. Através do uso consciente deste conhecimento, do domínio dos sentimentos, o corpo astral é refinado. Adianta pouco fazer apelos durante uma hora, trabalhar com a chama violeta e nas horas restantes do dia se comportar descontrolado."
     Sentimentos de desarmonia, de discórdia são destrutivos, isso nós todos sabemos. Sentimentos de Amor a tudo o que vive no nosso planeta deixam um sentimento de elevação, um sentimento de felicidade em nós, pois todos os seres humanos são ligados entre si através de laços de unidade espiritual. Da mesma maneira como os prazerosos pequenos simbiontes que povoam o corpo de cada ser humano pertencem a ele;da mesma maneira todos os homens pertencem ao planeta Terra.
     Todo tipo de emoção tem uma certa freqüência de vibração e aparece no corpo emocional na respectiva cor. Quanto mais Amor, reverência, interesse, dedicação e desejo de servir aos nossos próximos e aos grandes Mestres da Sabedoria nós desenvolvermos tanto mais delicado e puro o nosso corpo astral se tornará. Então o mais suave impulso vindo da nossa Divina Fonte transporá todo o corpo astral com vibrações harmoniosas e suaves, enquanto vibrações grosseiras dos planos inferiores o deixarão totalmente indiferente. Santos, sábios e adeptos em geral não mostram os sentimentos de amor e de afeição em seu exterior. Isto não significa que eles sejam indiferentes ou sem sentimentos . Eles estão conscientes da unidade da vida e a sua reação acontece em um plano muito mais elevado, bem acima do mundo astral. Cada corrente de vida passa por diversos estágios de evolução:

  1. O desejo pela satisfação sensual e supervalorização do ego;

  2. O desejo de conseguir para a própria família uma vida agradável e adequada;

  3. O desejo de servir ao próprio país;

  4. O desejo de servir à humanidade;

  5. O desejo de tornar a própria vontade una com a vontade Divina (feita vossa vontade).

     O domínio sobre a natureza dos nossos sentimentos só pode ser alcançado nestas condições, às quais em geral nós gostamos de desviar-nos. Só sob condições de stress e tensão conseguimos atingir conscientemente o domínio sobre os nossos sentimentos. QUANDO NÃO GOSTAMOS DE PESSOAS QUE COLOCAM PEDRAS EM NOSSO CAMINHO OU ATÉ NOS ODEIAM, PODEMOS DESENVOLVER UMA PACIÊNCIA REFINADA E TRANQÜILIDADE, AS QUAIS SÃO A MARCA DE UMA PESSOA ALTAMENTE DESENVOLVIDA. NÓS RECEBEMOS SEMPRE EXATAMENTE AQUELES PROBLEMAS SOB OS QUAIS PODEMOS CRESCER E NOS DESENVOLVER MELHOR.
     Quando por exemplo a dedicação ao princípio Divino se desenvolveu num grau elevado e o corpo astral está inundado com Amor que jorra do plano Crístico, todas as impurezas dos corpos inferiores serão tiradas e lavadas e sentimentos grosseiros dissolvidos. Um único borbotar tão forte de Amor consegue às vezes limpar a alma melhor e abrir mais o caminho da corrente entre o plano Crístico e emocional do que meses de meditação comum.
     Nossos Amigos dos Reinos de Luz nos descrevem a irradiação após um serviço de Luz: "Sois inundados pela Luz - pequenos e brilhantes Focos de Luz - fazei como que fique assim! Não acumuleis novas sombras em vossos corpos inferiores ocupando-vos com coisas negativas, deixai de lado o que passou, e não o aviveis com vossos pensamentos e sentimentos. Ódio e desgraça andam de mãos dadas, assim como Amor e sentimentos de felicidade. Luz e correntes de força, que estão constantemente à disposição dos homens, são sempre enviadas pelo mundo de Luz. Toda a vida está inconscientemente ligada a esta Luz e a corrente só poderá penetrar em um ser vivo na medida em que ele esteja preparado para recebê-la. Vás criais o canal para estas forças. Puro e amplo ele deve ser. Nós vos aconselhamos renovadamente a purificar-vos, a manter corpos permeáveis, sem cargas de acontecimentos passados. Vós tendes os meios e forças para tanto em vossas mãos. Ano após ano, nós vos ensinamos estas possibilidades, e está em vossas mãos usá-las mais consciente e intensivamente. Só assim a Divina Luz tem a oportunidade de abençoar-vos e suprir-vos com todas as forças necessárias um belo corpo saudável e suportes puros".
     O Corpo Astral é flexível, maleável, e ele transpassa o corpo físico da mesma maneira como o corpo do pensamento. Um vidente observou o acontecimento da assim chamada morte em sua tia. Ele reconheceu o cordão de ligação que parecia cheio de vida, de energia pulsante. De repente o corpo emocional se soltou do físico e o cordão de prata se rompeu. O corpo luminoso se elevou - com um sorriso radiante ela deu um adeus e desapareceu. Se conseguíssemos classificar a imponente grandeza do acontecimento da morte humana, nós veríamos o ato de morrer com outros olhos.

     Nós seres humanos somos levados pelas muitas encarnações a uma entrega cada vez maior à nossa Fonte Divina. O constante renascimento é o caminho lento da abertura para uma sempre nova e mais elevada consciência. A abertura para o mundo interno, o voltar para a Fonte Divina é o primeiro passo para o retorno ao lar. Mediante a aceitação consciente desta ligação se eleva a vibração dos nossos centros energéticos, nossos chacras. Todo o volver-se ao que é nobre, à Fonte Divina aumenta a velocidade dos chacras, permite ao corpo assumir uma freqüência eletromagnética mais elevada. Nós podemos comprovar isto muito bem, se nós fizermos uma comparação de como nós nos sentimos depois de um filme de terror ou de um ritual de Luz.
     Quanto mais os chacras se abrirem, tanto mais energia nós teremos. Nossos pensamentos e sentimentos influenciam nossos chacras ou centros energéticos conforme o plano de consciência de onde vieram. Existe também, em cada corrente de vida, freqüências mais elevadas e refinadas, até a energia inicial. Depende de cada um o quanto estas energias agem em nós.

     Mestre EL MORYA nos aconselha com muitas indicações: "Conservai vossos pensamentos e sentimentos sob controle, dominai vosso CORPO DO PENSAMENTO". Nós sabemos que os nossos pensamentos em geral correm para lá e para cá como um bando de filhotes de cachorro. Por isso, devemos esforçar-nos, independente de estarmos conversando, lendo ou escrevendo, para fazer tudo com concentração. Toda a nossa atenção deveria estar atrás de cada ação que executamos no nosso dia a dia normal. Este exercício não só melhorará a qualidade do nosso trabalho, mas nós aprendemos também a dominar o nosso modo de pensar - isto requer prática, mas o intelecto é useiro e vezeiro, e com o tempo teremos mais facilidade na concentração. Depois deveríamos manter higiene nos pensamentos, isto quer dizer fazer uma escolha entre os pensamentos que constantemente procuram se introduzir em nós. Pesquisa vidente mostrou que os pensamentos não são as coisas vagas que percebemos no plano físico, mas que eles tem formas definidas e características com força de vibração que agem no plano mental. Estamos cercados por numerosos pensamentos de sensualidade, de ódio, de vingança, de ciúme, de orgulho - e se nós quisermos manter nossa saúde mental, é necessário tomar uma atitude firme diante de todos os maus pensamentos.
     A melhor maneira de tratar um mau pensamento que procura penetrar na consciência é dirigir a atenção imediatamente a um outro, mais nobre e construtivo. A inteligência só consegue pensar em um objeto de cada vez - e assim o primeiro é substituído por um segundo positivo de maneira natural. Com este tipo de treinamento o corpo mental se refina, e então ficará mais fácil receber pensamentos nobres e reagir àqueles que em geral são denominados maus ou negativos. Nós todos - ou todos os que sabem disso e que se encontram na trilha - deveriam, portanto, manter um controle sobre os pensamentos e sentimentos e também na alimentação.
     Nós começamos a compreender que não somos apenas o nosso corpo físico mas que viemos conscientemente ao plano terrestre para agir como trabalhadores da Luz e aceitar todos os desafios que encontramos a cada dia e vencê-los. E cada um tem exatamente o problema por meio do qual poderá crescer e amadurecer, que o levará ao próximo degrau evolutivo, ao degrau de consciência mais elevado, quando ele o tiver vencido. Assim, e somente assim podemos crescer e amadurecer. Não existem atalhos, nenhuma droga, apenas trabalho em nós mesmos.
     Disciplina, não ser asceta, é a primeira virtude a alcançar na trilha dos iniciados. O homem médio se preocupa mais com as suas propriedades, ele envenena o seu corpo, abusa dele e finalmente doenças se instalam. Ele percebe o mundo através de um corpo pesado, sentimentos vagos e pensamentos mesquinhos,
     Nosso intelecto, nosso corpo mental inferior é o centro do egoísmo, que nos dá um quadro retorcido da verdade - nosso pequeno eu se dá importância excessiva e nos transmite a impressão de ser alguma coisa especial. Uma tal atitude, no entanto, carece de qualquer base real. É a própria importância que nos força a mostrar sempre a nossa competência diante daqueles que estão à nossa volta.

     "ESQUECE-TE DE TI MESMO, TEU PEQUENO EU EGOÍSTA, E COISAS MAIORES PODERÃO PENETRAR EM TI", nos dizem os mestres. Quando perdemos a nossa própria importância conseguimos um sentimento de grande tranqüilidade e relaxamento. Quem realmente quiser caminhar em frente, precisa dominar sua faculdade intelectual e também seus sentimentos e entregar-se à parte Divina dentro de si.

PAI, QUERO FAZER A VOSSA VONTADE, AGORA E PARA SEMPRE!

     Vamos conscientizar-nos de que o conhecimento que conseguimos lentamente, pelo nosso trabalho, faz começar uma nova vida. Nós reconhecemos mais e mais a tarefa da nossa vida, e também como podemos aproveitar as grandes oportunidades de transformar este saber em ação e utilizar tudo que os grandes Amigos da Luz nos ensinaram. Deveria preencher-nos com alegria e felicidade o fato de que nos é permitido aprender como nos desenvolver, saindo do aperto anterior, das limitações do nosso mundo terreno. Vamos finalmente compreender que estamos realmente no caminho de nos tornar um ser humano divino!
     No decorrer de nossas muitas encarnações acostumamos a identificar-nos com o nosso corpo físico, quando dizemos "eu". No entanto, ele é só uma parte - a sétima parte - do ser humano total, seu invólucro externo, sua ferramenta para a vida terrena na qual o verdadeiro ser humano entra vez por outra, para angariar experiências na vida material. Já nos ocupamos com o significado do nosso corpo físico e dos outros corpos inferiores. Para melhor compreensão aqui mais uma vez uma lista:

CORPO FÍSICO 3 planos    formam uma unidade com 7 planos
CORPO ETÉREO 4 planos
 
CORPO ASTRAL Age em 7 planos diferentes
 
CORPO MENTAL INFERIOR 4 planos  domicílio da nossa inteligência

 formam uma unidade com 7 planos

CORPO MENTAL SUPERIOR
ou Corpo Causal
3 planos
 
NOSSO DIVINO SER CRÍSTICO
 
NOSSO CORPO DE LUZ - EU SOU nosso corpo de Luz plenamente desenvolvido

     Aqui uma citação do pequeno livreto Luz no Caminho:
     "A alma do ser humano é imortal, e o seu futuro é o de um ser cujo crescimento e grandiosidade não tem limites."

     O verdadeiro homem Divino age nos três corpos superiores como Atma, Buddi e Manas - Assim se diz na linguagem da teosofia. Atma é nosso Divino EU SOU, Buddi é o mesmo que nosso Santo Ser Crístico, e Manas é o corpo de pensamento elevado ou causal. Apesar de ainda sentirmos pouco destes corpos, eles agem, no entanto, fortemente em nós como nossa verdadeira autoridade.
     Nosso CORPO CAUSAL, nosso 5º corpo, tem três planos e está ligado com os 4 degraus inferiores do mundo mental. Entre o corpo mental inferior e o superior existe uma linha de separação, a fronteira entre os mundos inferiores e os superiores. Ela forma por assim dizer o filtro através do qual as inspirações e idéias dos planos elevados penetram pouco a pouco na nossa consciência terrena, enfraquecidas naturalmente pelas vibrações mais lentas dos mundos inferiores, principalmente se ainda não tivermos educado a nossa maneira de pensar. Só quando atingirmos a condição de dominar os nossos pensamentos, diga-se, só apresentar à nossa atenção o que nós, o verdadeiro ser humano, quisermos deixar entrar, podemos ter a esperança de ultrapassar esta linha de separação e encontrar a ligação consciente com as nossas forças Divinas.
     Através deste filtro, ao contrário, nada de imperfeito pode penetrar no mundo elevado (a palavra filtro deve servir para uma compreensão melhor, são simplesmente diferenças de vibrações que limitam estas esferas entre si ).
     Nos mundos elevados reinam pureza e perfeição, e assim também o corpo causal de cada corrente de vida só está preenchido por forças puras, pelo bem acumulado que cada um, no decorrer de suas vidas ganhou pelo seu trabalho. Estes são os "tesouros no céu", nosso potencial de vibrações puras, que juntamos vida após vida e que não se perdem nunca.
     O corpo causal é parte permanente da nossa individualidade. Ele não se dissolve após a assim chamada morte, como os outros quatro corpos inferiores. Ele é o invólucro daquilo que denominamos de alma imortal, a pura e imperecível vestimenta da alma, parte do nosso divino ser. Este corpo contém as elevadas idéias e planos para o progresso da humanidade e o plano para a nossa vida e se desenvolve em beleza e tamanho no decorrer das nossas encarnações. Dentro dele acumulamos nossas boas forças, e ele cresce e se torna mais luminoso em cada encarnação. Quando ele estiver completamente desenvolvido mostrará os belos, puros círculos coloridos das propriedades e virtudes que pertencem a um ser humano plenamente desenvolvido.
     No homem pouco desenvolvido este corpo é quase irreconhecível e é comparado com uma bolha de sabão furta-cor que só apresenta um pouco de cor. Ele é o corpo permanente do verdadeiro ser humano que retorna vida após vida. Nossos quatro corpos inferiores servem para adquirir novas experiências, instruir o nosso caráter e introduzir isso tudo no corpo causal quando, após a desagregação do corpo físico, também os outros corpos são descartados pouco a pouco. O nosso Eu Superior guarda todos estes tesouros coletados e nós os trazemos para a próxima encarnação com novas capacidades e forças.
     Aqui também são guardados os assim chamados átomos originais ou permanentes, que guardam aquilo que os nossos quatro corpos inferiores angariaram. Eles contêm também, assim como um micro-chip, nossas cargas cármicas que são reativadas em uma nova encarnação. Portanto, não existe acaso ou injustiça. Cada um nasce exatamente no meio que lhe permite o máximo de crescimento.
     O corpo causal envolve os aspectos mais elevados dos nossos pensamentos, o pensar abstrato, em contrapartida ao corpo mental inferior que está envolvido em primeiro lugar com os pensamentos que preenchem a nossa vida diária. Dele vêm os impulsos que chamamos de nossa consciência. Uma mensagem de 23.03.98 diz: "A verdade e a consciência do ser humano estão intimamente ligadas. Vossa consciência está sediada em vosso corpo causal, e ela recebe suas diretivas dos mundos elevados de Luz, Pelo corpo causal sois preenchidos com o que chamais de consciência. Ela vos mostra sem equívoco como deveis agir e vos dá os impulsos para isto. Mas eles muitas vezes não são ouvidos, e então o ser humano não está mais ligado com a verdade.
     "Escutai, pois, amados alunos, o que vossa consciência vos indica. Aprendei cada vez melhor a compreender seus impulsos e agi de acordo com eles. Quantas vezes acontece que praticais uma ação e depois vossa consciência se manifesta e sentis que não agistes corretamente. Entretanto, depois do fato acontecido, geralmente é tarde demais. Então somente vos resta a reparação ou o pedido por perdão. Entretanto, a ação aconteceu. Portanto, se estiverdes em dúvida ao que deve ser feito, confiai em vossa voz interna ou vossa consciência , que vos indicará o caminho certo. E quando sentirdes qual direção deveis seguir, agi de acordo com esse sentimento. Essa é uma advertência a cada aluno para que não ignore a voz da consciência nos acontecimentos cotidianos. Assim aprendereis cada vez melhor a reconhecê-la e a guiar vossas ações de acordo com ela.
     "Cuidai disso, amados alunos, dialogai com aquilo que denominais de consciência. Nós a designamos como voz interna, que se manifesta. Entretanto esquecestes de observá-la e com isso ela se tornou mais silenciosa e incompreensível para vós. Aprendei a ativá-la novamente, e incluí-la nas decisões e em todas as atividades de vossa vida.
     "Esse é um ensinamento importante, que deveríeis seguir. Aprendei novamente a escutar a voz interna. Para isso tereis que vos tornar silenciosos, incluir sempre curtas pausas de conscientização em vosso cotidiano, para reconhecerdes a importância da voz interior. Levai isso ao vosso dia a dia e aprendei cada vez melhor o que vossa consciência pretende dizer-vos."
     O nosso corpo causal é, por assim dizer, o degrau intermediário que liga os corpos inferiores com o nosso Divino EU SOU. Os impulsos vindos dos reinos superiores nós mal conseguiríamos compreender em nossos corpos inferiores. A consciência d'alma - o corpo causal - assume o papel de intermediário para isto. A formação do corpo causal remonta de longos tempos até o primeiro degrau da formação do homem. Ele é formado pela primeira vez por ocasião da individualização quando a chispa Divina, o fogo do espírito, entra na alma grupal de um animal habitando em um único ser. As experiências de todos os tempos de vida, também antes do ser humano ficam aí guardadas, no corpo causal .
     Problemas e fraquezas de caráter que descobrimos em nós, provam falta das boas qualidades e capacidades no corpo causal. Assim, por exemplo, o hábito de mentir pode ser atribuído à falta da veracidade no corpo causal. Se fortificarmos nossa veracidade e conscientemente edificarmos nossas boas qualidades, estas falhas desaparecerão aos poucos. Nossa força de reconhecimento crescerá e nós descartaremos algum mau hábito porque colocamos um bom em seu lugar.

     O corpo seguinte, mais elevado, o sexto, é o Santo Ser Crístico ou Buddhi. Ele também é chamado de "corpo da bem-aventurança". Nosso Corpo Crístico, da mesma maneira como o Corpo Causal está empenhado em seu desenvolvimento e só estará plenamente manifestado se nós nos tivermos transformado no Cristo. Este corpo que apenas está em evolução contém o modelo que devemos desenvolver um dia, por assim dizer, o gérmen para o homem Divino - da mesma maneira como o gérmen contém todo o programa e modelo para a planta ou a árvore que um dia crescerá dali. Para a planta as condições de crescimento se chamam umidade, luz, aquecimento, sol e terra. Para fazer o homem Divino crescer as condições são: Amor, Harmonia, Paz, Pureza etc., justamente tudo aquilo que devemos aprender.
     Plenamente desenvolvido, este corpo transforma o homem no Cristo que radiante e luminoso transpassa as formas externas. Dizem que na primeira grande consagração o Mestre transmite ao aluno a possibilidade de se elevar pela primeira vez neste CORPO DE LUZ, então ele vivencia a absoluta unidade de toda a vida.

NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO ATRAVÉS DE MIM!

     Isto significa, eu preciso me transformar no Cristo, para me tornar um com minha Fonte Divina, meu EU SOU. Nossa consciência mais elevada nosso EU SOU é a substância principal ou o ápice da nossa individualidade. De onde emana o direcionamento de todo o nosso ser. Os nossos esforços estão dirigidos a este alvo, e conseguir alcançar esta mais elevada consciência significa a libertação da alma do eterno retorno a sempre novos corpos humanos. Mas mesmo aqui não há ainda um final da evolução. Novas perspectivas se abrirão para alturas pelas quais não temos compreensão. Para isto uma citação do Mestre EL MORYA: "Existem alturas as quais também nós ainda não conseguimos reconhecer." Também nosso EU SOU, nossa mais elevada autoridade, só entenderemos realmente quando tivermos ascensionado à Ele. Só conseguimos compreender o que pode ser expresso com nossas palavras, o que nos é transmitido sempre pelos nossos amigos da Luz em novas mensagens. Dizem que nosso Divino EU SOU é onipresente e individual, portanto nossa parte pessoal da Substância Primeva da Onisciência Divina. Através deste plano, cada corrente de vida está ligada com a Luz Universal e ao mesmo tempo com o Divino Eu de todas as outras pessoas. Esta substância primeva é a fonte de força para nossa corrente de vida para todos os nossos corpos ela nos dá a possibilidade de sempre novas encarnações, de atravessar todas as provas e finalmente achar o caminho da Luz.

     Nosso Divino EU SOU conhece todas as possibilidades de evolução para nós e vigia impessoalmente o fluxo de nossas vidas. Vistas do seu elevado observatório todas as provas são necessárias, também as nossas decisões erradas são boas e certas para a nossa evolução. Nós não podemos esperar que alguma coisa seja tirada do caminho que serve à nossa evolução. A vida terrena oferece as maiores possibilidades para o crescimento. Constantemente processos de reconhecimento se desenredam em nós e o uso destas revelações recém-adquiridas na vida diária novamente nos faz subir o próximo degrau na nossa escada de vida.
     Vamos conscientizar-nos mais uma vez: com a separação da nossa Fonte Divina, a queda na matéria, nós nos afastamos cada vez mais da unidade. Aonde quer que estejamos, cada um de nós está no caminho para o cósmico lar. Nosso EU SOU é completo. A nossa tarefa é criar as condições para que Ele consiga achar cada vez mais expressão em nossa vida. Elevar a nossa vibração para entrar em nosso Corpo de Luz com plena consciência.


CONSIDERAÇÃO FINAL

     Nós sabemos que o plano Divino prevê para cada corrente de vida o aperfeiçoamento no nosso planeta, não importando o degrau de consciência em que ela possa estar. Entrar na vibração da grande Divina onda de Luz , viver segundo as Leis Cósmicas, significa progresso e liberdade para cada um de nós.
     Mestre SAINT GERMAIN nos disse uma vez sobre a Alegria: "Sabeis o que é Alegria? Ela é tão incontável como a areia na beira do mar." Da mesma maneira é com o medo. Medo da pobreza, do desemprego, de falhar - medo de perder o parceiro, medo da doença, do stress, da morte! Cada um tem seus próprios medos, indiferente a idade que possa ter. Cada um de nós está saturado destes problemas infindáveis? Sempre novas provas, dores e novos medos?
     Só existe um caminho para o dilema - Deixar idade, doença e morte para trás:

É O SALTO DA TERCEIRA PARA DIMENSÕES MAIS ELEVADAS.

     Dizem que, desde a submersão da Atlântida, a matéria se tornou cada vez mais densa. A descida ao mais denso provoca a separação da nossa Fonte Divina - Esta separação significa a criação da dualidade. Este é o pecado original, o de se ver separado da Fonte Divina.

     O MAHA CHOHAN nos diz: "Santa Luz nos corações dos filhos da Terra, nós queremos despertar-Te do descanso de milênios para um fogo rutilante, fazer-te brilhar para que possas preencher todo teu ser e transpassar o teu mundo com as forças do Fogo Sagrado. Este, meus alunos, é o nosso chamado às grandes Forças Universais, que são capazes de fortificar a Luz no coração de cada ser humano.
     "Incentivai, também vós, a Luz interior, dirigindo vossa atenção a ela, deixai as forças da vossa Fonte Divina se expandir em vossos corações para que ela possa transpassar-vos com sua pura, elevada vibração, e nada mais além das puras luminosas forças tenham lugar em vossos corpos. É o mandamento da hora para os trabalhadores da Luz que desejam seguir o grande plano da renovação da Terra, eles precisam elevar e multiplicar a própria vibração muito mais do que tem acontecido até agora.
     "Vosso desenvolvimento requer esse passo, pois tereis que vos adaptar quando vosso planeta se elevar a vibrações mais elevadas, e isto só poderá acontecer se expandirdes muito mais vossa Luz interna do que tem acontecido até agora."

     Portanto, nosso desenvolvimento requer passos com toda responsabilidade e creio que todos sabemos que o tempo de descansar acabou - se nos quisermos adaptar à vibração em constante aumento - sim, precisamos. Precisamos transformar nossa existência material - densa em um estado mais sutil. Nós precisamos entender finalmente que somos Luz e energia. O mandamento da hora exige que façamos tudo para elevar o nosso potencial de energia. Nosso campo de energia que nos envolve, nossos corpos inferiores precisam ser fortificados e transpassados pela Luz.
     Quanto mais nossa alimentação se aproximar do puro prana, tanto menos denso será o nosso sistema físico. Acontece o processo da transformação - a luz pode jorrar para nós com mais força. Esta Santa Luz, a pura energia eletrônica, está sempre em nossa volta, dentro de nós e age conforme a nossa pureza em nossos corpos inferiores. Alimentos pesados reduzem a velocidade dos nossos chacras e evitam a transcendência - a inundação de Luz. Stress mental e emocional também diminui a transcendência. Velhos hábitos, pensamentos padronizados e medos estão depositados no corpo etérico e se refletem no físico, como sabemos. A purificadora e renovadora Chama Violeta é a nossa maior ajuda para libertar-nos das velhas cargas.

     Mestre SAINT GERMAIN nos diz: "Escolhe o programa certo. Teu corpo é como um rádio, e teus pensamentos, sentimentos e palavras faladas são como interruptores com os quais te ligas a uma freqüência determinada. Tua consciência é o dirigente do teu rádio, e teu mundo de hoje te mostra quais programas escolhestes no passado. Nunca mais ligues programas do medo, da dúvida, da ira. Através do medo te tornas manipulável em todas as esferas da tua vida. Abre-te às correntes de Luz da tua Divina Fonte - coloca a corrente de Luz contra o medo, contra doença, contra todas as imperfeições desse mundo - tu és um filho da Luz e estás abrigado nesta Divina corrente da misericórdia.''

     Cada um de nós já se perguntou, porque cometo sempre os mesmos erros, porque volto sempre aos velhos padrões de pensamento - independente de se tratar de parceria, hábitos alimentares etc.? É preciso não admitir os velhos padrões de sentimento e pensamento - não precisamos mais destas vestimentas desgastadas. Nós as transmutamos na poderosa força do Fogo Violeta. Na lembrança dos acontecimentos vividos há muito por nós, preenchemo-nos com a vibração de outrora. É necessário fazer as pazes com todas as correntes de vida e dissolver as dores do passado na energia violeta - transmutar em Luz.. Uma atitude equilibrada e harmoniosa só é alcançável se nos fecharmos às vibrações negativas e nos mantivermos em nosso centro.
     Sempre nossos amigos da Luz nos alertam a Manter a nossa proteção de Luz e não destruí-la com palavras, pensamentos ou sentimentos negativos Isto só podemos conseguir por meio de um treinamento constante. Vamos nos lembrar que a energia cósmica só pode fluir a corpos purificados. Através disso, os campos de energia sutis (corpos etérico, emocional e mental inferior) que organizam o nosso corpo físico formam-no ou estruturam-no e são conduzidos a um plano mais elevado pela vibração correspondente. Quanto mais elevado o plano ou também quanto mais elevada a nossa vibração tanto mais forte é a ressonância com a energia cósmica.

TRANSCENDÊNCIA É O PRÓXIMO DEGRAU APÓS A PURIFICAÇÃO

     Assim, aos poucos, o nosso corpo de Luz se formará. Como nos dizem, ele pode trabalhar em vários planos, tanto no material, como também nas esferas sutis.

     Mãe MARIA nos diz, e muitos Mestres Ascensionados o confirmam: "A vida, também na forma física, poderia ser infinita." A terceira dimensão na qual nos encontramos no físico tem vibrações densas, e a morte é o ponto final de uma experiência de vida. Quantas vezes cada um de nós vivenciou este acontecimento. Mas agora, neste tempo maravilhoso, que nós todos escolhemos para encarnar, nos foi dada a possibilidade de nos transformar aprendendo a dominar os nossos corpos inferiores a iluminá-los, a nos tornar unos com a energia cósmica, fazendo-nos entrar em nosso CORPO DE LUZ.
     Para finalizar algumas palavras de Mãe MARIA: "Há muito sois peregrinos no caminho da Luz, e agora chegou o tempo em que estais preparados para subir os últimos degraus. Conscientizai-vos da existência de uma grande Unidade entre os filhos da terra e os Seres de Luz. Vossos irmãos e irmãs que vos antecederam estão dando-vos as mãos para mostrar-vos o caminho que também eles trilharam.
     "Sois filhos da Luz, da mais elevada Fonte da Vida. A penetrante invencível Luz que tudo transpassa está dentro de vós. Sois parte da grande Luz cósmica do Universo. Isto, amados filhos do meu coração, é um fato consumado. Mantende-o constantemente em vossa consciência! Nenhuma imperfeição poderá aderir a vós, se vós vos abrirdes mais e mais à Luz. Saístes da Fonte da Vida para adquirir todas as experiências do mundo terreno. Mas, esse mundo material não é vosso verdadeiro lar. Vós vos vestistes com a matéria, vós viveis nela, mas mesmo assim sois Luz. As poderosas forças cósmicas das quais sois parte estão livres de todas as sombras, são eternamente radiantes e vigorosas. Quanto mais espaço cedeis a estas Forças, tanto mais valentes vos elevais sobre todas as sombras e limitações.
     "O alvo da vossa vida terrena é a Ressurreição das Divinas Forças de vida em vós. Nas limitações do vosso corpo físico, vós esquecestes o significado da verdadeira vida. Aprendei-o novamente. Na realidade sois sem idade, belos e imortais. Cada um de vós! Eu sustenho o plano Divino para cada corrente de vida. Eu contemplo vossa Luz interior e só esta Luz. Eu a vejo crescer, aceitai-o! Vede também em vosso próximo a santa Luz em seu coração - este é o verdadeiro ser, não a forma externa.
     "Ressurreição da Força Crística nos homens é o elevado alvo previsto para cada corrente de vida na era vindoura, Ressurreição da perfeição das vossas formas corporais, da pureza dos vossos corpos sutis e da elevada força de irradiação do vosso Cristo interior. Ressurreição da prisão do vosso mundo material, para vos elevardes livremente aos reinos luminosos, sem ter que desfazer-se do vosso corpo. Atraí renovadamente as poderosas Forças da Ressurreição ao vosso mundo, elas são ativas durante todo o ano. O Cristo em vosso coração estimula o desenvolvimento, amados amigos. A pequena chispa se transformou numa chama constante e rutilante que agora deve assumir o poder - o poder sobre vossos corpos inferiores. Crescei, adentrando vosso Corpo de Luz, elevai-vos sobre as imperfeições do mundo terreno, tornai-vos livres - divinamente livres!"


INFORMAÇÕES:

Telefones para contato:

0xx-61-242-2209

COMUNIQUE-SE COM A PONTE ATRAVÉS DO E-MAIL

VAI AO TOPO DA PÁGINA

 

PÁGINA PRINCIPAL